quarta-feira, julho 25, 2007

Medo de tirar a roupa este Verão?

Ideias bem dispostas para que faça (e tenha) boa figura!



Combater o ódio que muitas mulheres têm pelo seu corpo é, geralmente, uma luta tanto física como psicológica.

Eis nove sugestões para que olhe de uma maneira mais optimista para o seu corpo e para que aceite quem você é na realidade.

Verá que consegue, inclusive, emagrecer!


1. Não se prive de guloseimas: Pelo menos uma vez por semana, delicie-se com guloseimas. Não condene a sua opção, desfrute! Vai ver que assim vai tornar-se mais fácil “engolir” comida saudável nos outros dias.

2. Pelo menos 10 minutos de exercício diário: Vai ver que este escasso tempo pode, efectivamente, mudar a sua aparência e a sua vida.

3. Água, água, água! Repita três, quatro, cinco… vezes o gesto de beber água. Verá que acontecem pequenos milagres.

4. Agende um tempinho para o fitness: Vá lá, só uma vez por semana… Não custa tentar. Comece por agendar, depois tente cumprir como se fosse um encontro importante ao qual não podia mesmo faltar.

5. Não coma em frente à televisão: A comida é maravilhosa, faz parte da alegria de viver e, por isso, deve prestar-lhe toda a atenção. Se estiver a comer em frente à televisão, provavelmente, não está a prestar na atenção a esta dávida e, certamente, que comerá em excesso.

6. Arranje um ídolo! Se admira alguém, uma estrela de cinema, uma pop star ou manequim deixe que essa admiração se transforme em motivação.

7. Respire conscientemente: Sente-se num lugar calmo e respire profunda e lentamente. Inspire pelo nariz e expire pela boca. Bastam cinco minutos e verá que se sente mais serena e livre do stress.

8. Sozinha durante 30 minutos: Independentemente de tudo o que tem para fazer, não se esqueça que 30 minutos por dias são seus. Use-os como quiser, a rezar, a ouvir música e a fazer algo que realmente goste e que lhe dê paz.

9. Barriga para dentro, ombros para fora: Comece a adoptar estar postura. Se praticar este exercício de auto-confiança acabará por sentir mais auto-confiança.

Sem comentários:

Enviar um comentário