domingo, janeiro 01, 2012

Grateful


Passagem de ano é reflexo de tudo o que passámos no ano velho e altura de estabelecer novos objectivos, prioridades e resoluções....
2011 foi um ano que me marcou especialmente... marcou-me com eventos e acontecimentos inesperados,  mas que de alguma forma fazem com que aprendamos sempre algo, de alguma forma... Deixei para trás uma cidade, trabalho, amigos - uns mais especiais que outros -, deixei Lisboa, vim para o Funchal com ela e mais qualquer coisa no coração. Momentos e recordações que vou guardar para sempre comigo. 
Adaptação, mudança de trabalho, de casa, de cidade, de rotina e alguns hábitos. Internamento hospitalar, desemprego, novo trabalho, desilusões, coração em bocadinhos, reencontrei amigos, descobri outros que afinal não o eram no verdadeiro sentido da palavra... Sorrisos, muitas lágrimas, mudanças, gargalhadas, crises, greves e Troika...Uma sucessão de coisas boas e outras menos boas, fazem de mim quem sou hoje. Nunca desisti..de mim, nem de acreditar. E, hoje, sei com o que e quem posso contar.
A todos os que passaram na minha vida, de uma forma ou de outra, aos que me desiludiram, aos que me surpreenderam, aos que se esqueceram de mim, aos que me valorizaram e permanecem concerteza na minha vida de alguma forma, aos desencontros e reencontros, aos que me desiludiram, aos que me surpreenderam e revelaram-se numa verdadeira caixinha de surpresas, aos que deram-me a mão quando estava no chão, aos que me pisaram quando tentava erguer-me, aos que estão longe mas perto do coração num cantinho bem especial, aos que estão perto e longe da vista, aos verdadeiros amigos que me dão força e acreditam em mim, aqueles que me fazem querer continuar e seguir e frente, a todos os que passaram e marcaram me de alguma forma, só tenho a agradecer.
Não vale a pena tentar controlar a nossa vida,esperar que os outros mudem ou que o Mundo acabe... Nós é que temos que mudar a nossa prespectiva e encarar os outros e as coisas de uma outra forma...
Por isto tudo posso dizer que VIVI e não: sobrevivi!
Digam o que disserem, aconteça o que acontecer, continuo fiel ao meu optimismo e às pessoas que permito estarem perto de mim...
Por isto e muito mais, encaro hoje a Vida com esperança, fé e um grande sorriso na alma.

For that and some more, I am today grateful.

Venha lá o 2012! Com muita luz e saúde. O resto virá por acréscimo.