sexta-feira, outubro 20, 2006

Diwali - ano 2063


Diwali. Hoje é feriado no norte da Índia, onde mais se celebra esta festividade. As pessoas enfeitam o lado de fora de suas casas com luzinhas piscantes como as usadas nas árvores de Natal; acendem velas, diyas, lamparinas, tochas; e estouram fogo de artifício.
No norte, esta festa marca o retorno dos guerreiros liderados pelo deus hindu Ram, do Sri Lanka, onde libertou a sua mulher, Sita, que era mantida presa pelo demónio Ravna.
No sul, Diwali marca o início da estação de inverno e do período de cultivo com vários festivais, celebrando o assassinato de Narakasura, um demónio, nas mãos de Lorde Krishna.
A explicação popular para o Diwali é fazer muito barulho para espantar os maus espíritos e acender luzes e velas fora de casa para que eles não entrem na sua casa. Uns interpretam Diwali como a vitória do bem contra o mal. Outros preferem a simbologia da saída da escuridão, ignorância, trevas, para a LUZ (iluminação espiritual).



O Diwali (também transcrito do Deepavali ou Deepawali) é uma festa religiosa hindú conhecida também como o festival ou festa das luzes, que dura durante 5 dias. Durante o Diwali, celebrado uma vez ao ano, as pessoas estreiam roupas novas, dividem doces e estouram rojões e fogos de artifício. Esse festival celebra o assassinato do malvado Narakasura, o que converte o Diwali num evento religioso que simboliza a destruição das forças do mal.
No dia seguinte ao Diwali, a maioria das famílias comemora o Ano Novo, vestindo roupa nova, jóias e visitando parentes e colegas de trabalho, com os quais trocam doces, frutas secas e presentes.





OPINIÃO:

Sempre a aprender....


Mais informações:

http://www.jorgebastosgarcia.com.br/Deepavali%20_ou_%20Diwali.htm



Fonte:

http://www.vatican.va/an.va/
http://pt.wikipedia.org/
http://indiagestao.blogspot.com/
http://ultimosegundo.ig.com.br/

Sem comentários:

Enviar um comentário