terça-feira, novembro 21, 2006

Músicas de Natal

A mim, basta ouvir uma música especial de Natal, um friozinho a fazer-se sentir, para simplesmente deixar entrar e sentir o espírito do Natal.

O cheiro das castanhas assadas, o cheiro dos pinheiros de Natal, o cheiro das velas dos mais variados aromas, as casas todas iluminadas e cheias de alegria, paz e amor, tal e qual como se fosse um postal de Natal, emoldurando um momento especial e único em cada ano, em cada Natal.

Os sons característicos, as campaínhas das renas e dos "pais-natal", as variadíssimas músicas de Natal nos estabelicimentos comerciais, estações de metro e ruas das principais cidades, a gargalhada das crianças ao abrirem as prendas no dia de Natal...

Tudo isto é espírito de Natal. Há mais cumplicidade entre as pessoas. Só temos que deixá-lo vir e instalar-se comodamente no nosso interior. Lava-nos a Alma, dá-nos uma paz tao suave e cheia de candura como a neve.

Ir à Baixa de Lisboa, passear no Chiado, passeas calmamente nas ruas do Funchal, cumprimentar as pessoas que se conhecem, desejar sinceramente "Feliz Natal", ver as luzes e decorações propícias desta época. As pessoas todas num corropio... Isto já é habitual, mas nesta altura parece que as pessoas deixam passar cá para fora o seu lado bom, puro e faz-nos sentir verdadeiramente bem. Felizes. Em paz. Pelo menos eu sinto-me assim....
E agora cá vai a parte filosófica e "entimentalóide"da coisa:


E se estamos bem connosco próprios, podemos fazer os outros também Felizes!

Sem comentários:

Enviar um comentário